Programa Casa Verde e Amarela do Governo Federal 2023

Publicidade

Programa Casa Verde Amarela teve início no ano de 2020 e já atendeu milhares de famílias desde seu lançamento. O programa tem como objetivo oferecer condições mais acessíveis no financiamento imobiliário.

Com o intuito de atender o maior número possível de famílias brasileiras, desde seu lançamento. O Programa Casa Verde Amarela vem sendo amplamente divulgado através de várias mídias.

Publicidade

Para poder fazer parte do programa é preciso estar de acordo com as regras e cumprir alguns requisitos estipulados pelas diretrizes que regem o programa casa verde e amarelo 2023.

Na transição da nova administração, O Governo Federal atualizou alguns critérios de participação. Agora como as faixas de renda e a diminuição dos juros para famílias que moram na região nordeste do país.

Principal objetivo do Novo Programa

Casa Verde Amarela
Imagem Canva Pro – Google

O Programa Casa Verde Amarela nasceu em substituição ao antigo Minha Casa Minha Vida. Oferecendo melhores condições com diminuição de taxas e subsídios.

Em meio à algumas dificuldades enfrentadas por muitas famílias brasileiras. O Governo Federal criou o programa para amenizar o sofrimento de famílias que sofrem com o problema de moradia.

Com isso, as privações habitacionais de muitas famílias são amenizadas. O programa possui várias iniciativas habitacionais que têm coo objetivo expandir estoques de moradias.

Publicidade

Com foco sempre na melhoria habitacional das famílias assistidas, o governo está buscando sempre a inovação, modernização baseando-se em novidades da evolução tecnológica do setor Imobiliário.

Mais detalhes sobre o Programa Casa Verde Amarela

Em substituição ao antigo programa Minha Casa Minha Vida que vigorava desde o ano de 2009, o governo Federal lançou através de medida provisória o minha Casa Verde Amarela.

Um dos maiores objetivos do novo programa está em reduzir taxas de juro. Essa aplicação terá maior incidência para as regiões Norte e Nordeste do país tendo em vista o maior índice de pessoas que se encontram em maiores dificuldades financeiras.

O Programa Casa Verde Amarela já ajudou mais de um milhão de brasileiros desde que que foi lançado. E as expectativas são de que esse número cresça a cada ano de vigência do programa.

O percentual de famílias que buscam pela aquisição da casa própria é um dado que cresce a cada ano. O Projeto Casa Verde Amarela veio em momento oportuno pois através dele muitos cidadãos têm realizado seus sonhos.

Publicidade

Requisitos para participar do Casa Verde Amarela

O Programa segue normas e diretrizes que o regem. Para participar, o cidadão precisa cumprir algumas regras e requisitos. Com isso o Programa consegue atender de forma democrática todos os que necessitam.

Assim como outros programas sociais, o financiamento Casa Verde Amarela tem alguns requisitos. Um de seus principais requisitos é o teto de renda familiar. Ou seja, necessita-se que a família esteja enquadrada nesses tetos.

Um desses tetos de renda mínima e máxima são os Urbanos: Urbano 1: Renda Bruta Familiar até R$ 2.400 / Urbano 2: Renda entre R$ 2.400,01 e R$ 4.400 / Urbano 3: Renda entre R$ 4.400,01 e R$ 8 mil

Os outros tetos são os Rurais: Rural 1: Renda bruta familiar anual até R$ 29 mil / Rual 2: Renda anual entre R$ 29.000,01 e R$ 52.800,00 mil / Rural 3: Renda bruta familiar anual entre R$ 52.800,01 até R$ 96 mil

Algumas prioridades para participação no Programa

A princípio, todo programa criado pelo governo federal tem um viés de Assistência Social. Ou seja, os programas são criados para atender as fragilidades pelas quais passam boa parte da população no Brasil.

E o Programa Casa Verde Amarela não é diferente. O mesmo trás em si algumas prioridades as quais serão sempre observadas ao conceder o direito de participação aqueles que buscarem pelo programa.

No entanto, prioridades como, famílias que estejam em situações de risco, as que possuam em seu seio pessoas idosas, crianças, adolescentes ou pessoas com alguma deficiência física terão prioridade na liberação dos recursos do programa.

Essas prioridades criadas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional são a base do programa. Elas servem para o melhor funcionamento do programa e o atendimento de forma mais igualitária.

Para realizar se inscrever no Programa

Antes de mais nada, para fazer o cadastro casa verde e amarela, além das prioridades já citadas, necessita-se que os pretendentes estejam enquadrados nos seguintes critérios;

Para participar do programa o cidadão não pode ter financiamento em seu nome ou possuir imóvel residencial e também não receba benefícios habitacionais do Governo Federal.

Também, o cidadão não poderá estar em estado de inadimplência com o Governo Federal e não tenha cadastro no sistema SIACI (Sistema Integrado de Administração de Carteiras Imobiliárias ou no CADMUT (Cadastro Nacional de Mutuários).

Por fim, para realizar a inscrição no Programa Casa Verde Amarela, basta procurar um dos bancos que operam através do Programa que, na maioria das vezes, é a Caixa Econômica Federal, e realizar o cadastro.

Publicidade