O Segredo de Fazer Torresmo Crocante e Bem Sequinho: 7 Passos Infalíveis

Publicidade

Torresmo Crocante e Bem Sequinho – Você já se perguntou qual é o segredo por trás daquela deliciosa casquinha crocante e dourada do torresmo?

Seja para acompanhar uma cervejinha gelada ou servido como um petisco em festas e churrascos, o torresmo crocante é uma paixão nacional.

Publicidade

Neste artigo, desvendaremos o segredo de fazer um torresmo crocante e bem sequinho, revelando todos os passos necessários para você alcançar a perfeição em seu petisco favorito.

Com essas dicas você vai conseguir preparar o melhor torresmo do mundo! Aposto que todos seus amigos e familiares ficarão impressionados com sua criação.

Antes vou contar uma curiosidade sobre o torresmo rapidinho.

torresmo Crocante e Bem Sequinho
Imagem Canva Pro – Google

Antes de seguirmos para a receita, é interessante contar uma pequena história sobre a origem do torresmo.

O torresmo é um prato típico da culinária brasileira e tem suas raízes na tradição dos povos indígenas e africanos que habitavam o país.

Originalmente, o torresmo era feito com a gordura do porco, que era derretida e utilizada para cozinhar outros alimentos.

Publicidade

Com o tempo, descobriu-se que a pele do porco poderia ser preparada de uma forma especial, resultando em um petisco crocante e saboroso. E assim nasceu o torresmo que conhecemos hoje!

Agora, vamos ao segredo de fazer o torresmo crocante e bem sequinho:

Passo 1: Escolhendo a carne correta

Para obter um torresmo crocante, é essencial escolher a pele de porco com uma camada fina de gordura. A pele do porco é responsável pela textura crocante do torresmo, enquanto a gordura contribui para o sabor e a suculência do petisco.

Passo 2: Preparando a Pele

Lave bem a pele de porco e seque-a completamente com papel toalha. Em seguida, faça cortes na pele em forma de quadrados ou losangos, tomando cuidado para não atingir a carne. Esses cortes ajudam a liberar a gordura durante o cozimento, resultando em um torresmo mais sequinho.

Publicidade

Passo 3: Como temperar adequadamente

O tempero é fundamental para realçar o sabor do torresmo. Utilize sal grosso e pimenta-do-reino moída na hora para temperar a pele de porco.

Em seguida, espalhe o tempero uniformemente por toda a pele, garantindo que ele penetre nos cortes que foram feitos.

Você pode adicionar outros temperos de sua preferência, como alho em pó, páprica defumada ou ervas secas, para dar um toque especial ao torresmo.

Passo 4: Pré-cozinhe o torresmo

Um dos segredos para um torresmo crocante e sequinho é o pré-cozimento. Coloque a pele temperada em uma panela com água fervente e cozinhe por cerca de 10 minutos.

Esse processo ajuda a retirar parte da gordura da pele, resultando em um torresmo mais crocante. Após o pré-cozimento, retire a pele da água e seque-a novamente com papel toalha.

Passo 5: Vamos utilizar a técnica do choque térmico

Essa técnica é fundamental para garantir a crocância do torresmo. Coloque a pele já pré-cozida e seca em uma forma ou assadeira e leve ao freezer por aproximadamente 30 minutos.

Em seguida, transfira a pele para a geladeira e deixe-a descansar por mais algumas horas. Esse choque térmico ajuda a deixar o torresmo mais crocante ao ser frito.

Passo 6: Frite o torresmo corretamente

Agora é a hora de fritar o torresmo. Aqueça uma panela com óleo em temperatura média-alta. Adicione a pele pré-cozida e congelada, tomando cuidado para não colocar muitas porções ao mesmo tempo, pois isso pode baixar a temperatura do óleo e prejudicar o resultado final.

Em seguida, frite até que o torresmo esteja dourado e crocante, virando-o de vez em quando para garantir que fique uniforme.

Passo 7: É preciso retirar o excesso de gordura

Após fritar o torresmo, é importante retirar o excesso de gordura. Coloque-o em uma travessa forrada com papel toalha para que absorva o excesso de óleo. Dessa forma, você terá um torresmo mais sequinho e menos gorduroso para degustar.

Dicas para melhorar a receita de torresmo crocante e sequinho:

  1. Utilize uma panela de fundo grosso para fritar o torresmo, pois isso ajudará a distribuir o calor de maneira mais uniforme.
  2. Certifique-se de que o óleo esteja bem quente antes de adicionar a pele de porco.

Evite mexer demais no torresmo durante o processo de fritura, pois isso pode interferir na crocância.

Benefícios dos ingredientes utilizados:

  1. Pele de porco: Fornece a textura crocante característica do torresmo e contribui para a suculência do petisco.
  2. Sal grosso: Realça o sabor do torresmo e ajuda a extrair a umidade da pele, resultando em uma casquinha mais crocante.
  3. Pimenta-do-reino: Adiciona um toque de pungência e equilibra os sabores do torresmo.
  4. Temperos adicionais (alho em pó, páprica defumada, ervas secas): Acrescentam aromas e sabores extras ao torresmo, tornando-o ainda mais saboroso.

Receitas saudáveis semelhantes:

  1. Chips de abobrinha crocante: Fatie a abobrinha em rodelas finas, tempere com sal, pimenta e ervas secas de sua preferência e leve ao forno até ficarem crocantes. Uma opção saudável e saborosa para substituir o torresmo em momentos mais leves.

Para concluir

Agora que você conhece o segredo de fazer um torresmo crocante e bem sequinho, está pronto para se aventurar na cozinha e preparar essa delícia em casa.

Lembre-se de seguir todos os passos, desde a escolha da pele de porco adequada até a fritura correta e a remoção do excesso de gordura.

Enfim, com essas dicas, você terá um torresmo irresistível, com uma casquinha dourada e crocante por fora e macio por dentro. Aproveite esse petisco clássico da culinária brasileira e bom apetite!

Antes que você saia confira outra receita incrível AQUI

Publicidade